segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Màquina do Tempo - A História das Músicas da Supermissão

Em homenagem aos participantes da Supermissão de Sorocaba(SP), aí está uma história de "bastidores musicais" daquela jornada inesquecível que foi a Supermissão 95.    

------------------------------------------------------------------------                                 

                                Supermissão


Começa o ano de 1995. O assunto nº 1 entre os Jovens Adventistas era a Supermissão.

O evento juntava Evangelismo, Assistência Social e um Grande Congresso reunindo mais de 10 mil jovens de todo o Brasil na Supermissão de “balançar” a cidade de Maceió, capital de Alagoas.

A idéia foi desenvolvida e executada sob liderança do Pr Venefrides, Pr Artur Marski e Pr Braguinha, apoiados pelos demais líderes JA da União Este-Brasileira, que na época abrangia 9 estados do Brasil.

Eu tive o privilégio de ajudar dirigindo os Momentos de Louvor junto com o Grupo Vereda, ao qual eu liderava; e também preparando as trilhas para os diversos momentos da programação, bem como os jingles pra serem veiculados nas rádios locais.

Enquanto as trilhas, os cenários, e a logística dessa grande mobilização iam sendo preparados, uma tarefa especial era desenvolvida no Rio de Janeiro.

Na lendária Rua da Matriz nº16 , Botafogo, Rio de Janeiro; ficavam na época os estúdios da Voz da Profecia.

Ali, o genial maestro Jader Santos tinha a “supermissão” de compor e produzir a música oficial da Supermissão. Haveria também a produção de um CD “Supermissão”, contendo vários outros cânticos pra serem cantados, embalando o evento.

Era o início do mês de Março quando o Jader avisou : “A música está pronta”

Foi marcada uma reunião no Rio com a equipe que produzia o evento, e no dia seguinte os estúdios da VP estavam movimentadíssimos , com todos curiosos pra ver como seria a Musica Oficial da Supermissão.

Eu tive a sorte de ter uma gravação marcada lá no mesmo dia. Era um jingle para o Revive-BH. Minha gravação foi marcada pras 11 da manhã.

Pois bem.

O Pr Artur, então líder JA da UEB, resolveu ver a música antes de todos e foi atrás do Jader, e à medida que ia ouvindo a música, ia fechando a cara : “Jader, está muito calma, e eu preciso de algo com mais energia.A letra está boa, mas a música ta muito tranquila”

Quem conhece o Pr Artur sabe como é. Não adianta chiar. Nenhuma explicação cola.

Pra piorar a situação, naquela altura já havia uma corrida contra o tempo, pois o CD Supermissão precisava estar pronto pra ser lançado na Convenção JÁ, em pouco mais de 20 dias.

Foi quando o Jader disse : “Tá. Espera ai.” Pegou papel e caneta, e em menos de 10 minutos mostrou outra música.
- “E agora ? O que acha ?”

- “De—mais !!!”

O bordão do Pr Artur era a senha do OK

Chegamos as 11 pra nossa gravação e a notícia já havia corrido longe. O Jader havia feito uma música em 10 minutos.

Mas ainda faltava gravar e mixar.

Pediram que adiassemos nossa gravação pras 14 horas. Decidimos almoçar.

Enquanto almoçávamos, o Jader reuniu 3 cantoras do Grupo Carisma, e junto com ele mesmo, o Silmar Correia; dos técnicos de áudio Alexandre Veiga e Kleber Augusto; gravaram e mixaram a música no horário de almoço.

As 14 horas começamos a nossa gravação, que se encerraria as 18.

A notícia correu e antes das 18 hs o estúdio já estava lotado. Todo mundo queria conferir a já famosa música feita em 10 minutos.

Que eu me lembre, estavam lá o Pr Ronaldo Oliveira, os Arautos da época (Dermival, Josué de Castro, Fernando Iglesias, Juan Salazar), Rogério Reis, Pr Braguinha, Pr Artur Marski, Silmar Correia, Alexandre Veiga , Lúcio Monteiro, Pr Stanley Arco, Pr Ursulino Freitas, Élson Gollub, Kleber Augusto e eu

Pra aumentar ainda mais o suspense , o Jader disse : “Perai. Eu quero que a minha esposa (Lúcia) veja como ficou.”

Mais uns 5 minutos e ela subiu. E então, som na caixa.
Ouça aqui o que nós ouvimos em 1ª mão

Todos aplaudiram e ouviram repetidas vezes.

Houve uma oração em agradecimento a Deus pela vida e o talento do Jader , e a Supermissão tinha uma Música Oficial

No ano seguinte haveria outras “Supermissão” em varias cidades.
O Jader novamente foi desafiado a fazer a música oficial.

Dessa vez não houve reclamação. O “de—mais” do Pr Artur veio logo de cara.

Não é fácil, e nem é pra qualquer um, a missão de fazer 2 músicas sobre o mesmo tema, com os mesmos enfoques, com menos de 1 ano de intervalo entre entre as 2 composições. E ainda com o agravante de uma outra música com mesmo tema ter sido descartada.

Nas músicas de 1996, vc vai ver o inconfundível timbre dos Sintetizadores Ensoniq, tocados pelo Jader Santos e pelo Juan Salazar.


Ouça também o Jingle Oficial (sem a locução), que tive o privilégio de fazer para o evento.
Estão cantando além de mim, Angelo Meireles, Sidnèia Brito, Pollyanna Sampaio, Keila Viana

No Jingle Supermissão, usei o famigerado KORG 01/W, que "dominou o mundo" nos anos 90


Quem viveu a Supermissão naquele tempo, vai poder matar a saudade.

Quem está “estreando” nos projetos da Supermissão, pode conhecer parte do início de tudo.

O importante é que todos nós estejamos “conhecendo, amando e servindo” na Supermissão.

Divirta-se, relembre, se inspire clicando * http://migre.me/5798f

Um comentário:

  1. Que legal cara...eu tinha apenas 5 anos, mais lembro pouquinho de como foi movimentado aqui em maceió durante aquela semana de SuperMissão.

    ResponderExcluir